Política,Política Geral

Temer falou em ‘conspiração’, diz senador que se reuniu com presidente

18 maio , 2017  

senador Sérgio Petecão (PSD-AC) disse nesta quinta-feira (18) que, durante uma reunião no Palácio do Planalto, o presidente da República afirmou que é vítima de uma “conspiração”.

O parlamentar participou de uma reunião com o presidente no começo da manhã desta quinta, antes de o presidente cancelar a agenda oficial.

O colunista do jornal “O Globo” Lauro Jardim informou nesta quarta (17) que os proprietários da JBS, Joesley e Wesley Batista, disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“O presidente perguntou: ‘vocês viram esse episódio? Que coisa chata’. Ele [Temer] falou em uma possível conspiração contra ele também. Ele disse: ‘nesse momento, que a economia tem dado sinais, o dólar está caindo, a bolsa tem dado bons sinais, a minha ida até o encontro da Marcha dos Prefeitos teve uma repercussão muito positiva e de repente surge um episódio desses. Eu creio que isso seja uma conspiração'”, relatou Petecão.

A reunião com Petecão era o primeiro dos 18 compromissos de Temer nesta quinta. Logo após a reunião com o parlamentar, porém, os outros 17 compromissos que constavam na agenda do presidente foram cancelados. No site do Planalto, a agenda foi substituída para “despachos internos”.

Depois de cancelar os encontros, o presidente se reuniu com os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).

O parlamentar do Acre disse ainda que, durante a reunião, Temer aparentava tranquilidade durante o diálogo e que não falou em renunciar em nenhum momento.

Após a reportagem de “O Globo”, partidos de oposição, e até mesmo da base aliada, cobraram que o presidente renuncie ou que seja alvo de processo de impeachment.

“Ele disse ‘estou firme, estou forte, eu vou sair disso. Vou mostrar pro povo que não devo nada’. Em momento algum ele falou em renúncia, em qualquer tipo de decisão nesse sentido”, afirmou Petecão.

Segundo o senador, Temer afirmou que recebeu o dono da JBS, mas que o “encontro foi normal”. “Ele nunca imaginou que o empresário pudesse estar gravando, ou algo desse tipo”, acrescentou.

, , , , ,

Política,Política Geral

Temer pode ser suspenso caso STF aceite eventual denúncia

18 maio , 2017  

Apesar de possuir foro privilegiado, o presidente Michel Temer (PMDB) não está imune a uma investigação da Procuradoria-Geral da República (PGR).

PUB

Segundo informações do R7, a imunidade não abrange ações penais no execício da Presidência. Portanto, caso uma eventual ação penal seja recebida pelo STF (Supremo Tribunal Federal), ele será imediatamente suspenso do cargo.

De acordo com a publicação, a afirmação é possível ao analisar o parágrafo primeiro do artigo 86 da Constituição Federal de 1988.

“§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções:

I – Nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal;

II – Nos crimes de responsabilidade, após a instauração do processo pelo Senado Federal”.

Na tarde desta quarta-feira (17), o jornal O Globo informou que Temer teria sido gravado autorizando o pagamento de propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O senador Alessandro Molon (Rede-RJ) protocolou um pedido de afastamento no Temer no Senado.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) defenderam eleições antecipadas para outubro deste ano. “O governo acabou”, disse o parlamentar, ao comentar a denúncia.´

Política,Política Geral

Temer pode ser afastado caso PGR ofereça e STF acate denúncia contra ele

18 maio , 2017  

Presidente teria sido gravado dando o aval para comprar silêncio de Eduardo Cunha

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), não está imune a uma investigação pela PGR (Procuradoria-Geral da República), já que a imunidade não abrange ações no exercício da Presidência. Nesse cenário, caso a ação penal oferecida pela procuradora seja recebida pelo STF (Supremo Tribunal Federal), ele será imediatamente suspenso do cargo.

A afirmação é possível com a análise do parágrafo primeiro do artigo 86 da Constituição Federal, que diz:

“Art. 86. Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade.
§ 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções:
I – Nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal;
II – Nos crimes de responsabilidade, após a instauração do processo pelo Senado Federal”.

Nesta tarde, o jornal O Globo publicou que Temer teria sido gravado por Joesley Batista, um dos donos da JBS, dando o aval para o pagamento de propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Na Câmara, um grupo de deputados já se manifestou no plenário pedindo o impeachment do peemedebista.

No caso de afastamento, o primeiro nome da linha sucessória do governo é o do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (PMDB-RJ).

, ,

Brasil.gov.br,Economia,ECONOMIA E EMPREGO

Recursos do Plano Safra 2017/2018 devem superar R$ 200 bilhões

3 maio , 2017  

Os recursos destinados ao Plano Safra 2017/2018 devem superar R$ 200 bilhões, como ocorreu na safra anterior. O anúncio foi feito pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, durante a abertura da 24ª edição da Agrishow. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (1º), em Ribeirão Preto (SP).

A taxa de juros e a distribuição dos recursos em cada programa do ministério, segundo Maggi, ainda estão em discussão. O ministro defende que a agricultura familiar também seja integrada ao ministério e que os agricultores de pequeno porte tenham acesso a novas tecnologias.

Questionado sobre a contribuição ao Funrural, prevista na proposta de reforma da Previdência e decidida como obrigatória pelo prazo retroativo de cinco anos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Maggi disse que participará de reunião sobre o assunto nesta terça-feira (2), em Brasília, em encontro que terá a presença do presidente da Frente Parlamentar da Agricultura, deputado Nilson Leitão.

O  governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também compareceu à feira e defendeu a votação da Reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional.

A comitiva que participou da feira é integrada pelo secretário-executivo, Eumar Novacki, e os secretários de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, e de Relações Internacionais, Odilson Silva, além do presidente da  Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Lopes, do presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli e do vice-presidente de Agronegócio do BB, Tarcísio Hubner.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative CommonsCC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

, , ,

Brasil,Brasil.gov.br

Balança comercial soma US$ 6,9 bilhões e bate recorde em abril

3 maio , 2017  

Com o fortalecimento de produtos brasileiros no exterior, a balança comercial de abril foi recorde para o mês. As exportações superaram as importações em US$ 6,969 bilhões, resultando em um saldo comercial inédito de US$ 21,387 bilhões em termos anuais.

Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e foram divulgados nesta terça-feira (02). Segundo a pasta, houve aumento nas médias diárias tanto de exportações quanto nas importações.

A média diária das exportações em março foi de 27,8% maior em relação ao mesmo período do ano passado, influenciada pelo aumento de 29,2% nas vendas de básicos, de 27,5% na venda de semimanufaturados e de 25,7% nos produtos manufaturados.

As exportações de produtos básicos foram influenciadas, principalmente, pela venda de minério de ferro (+87,6%), petróleo em bruto (+58,6%), carne suína (+34,4%) e soja em grão (24,2%)

Ao mesmo tempo, aumentos importantes foram registrados no grupo de semimanufaturados. A principal alta foi na venda de óleo de soja (+173,9%),  seguida dos avanços nos embarques de ferro e aço (+55,5%), ferro fundido (+46,1%) e açúcar em bruto (44,4%).

As importações, por sua vez, cresceram 13,3% em relação ao mesmo mês do ano passado, diante da alta na compra de combustíveis e lubrificantes (+28,5%), bens intermediários (+16,5%) e bens de consumo (+6,3%).

No ano

Em mais um resultado recorde, o saldo comercial brasileiro nos primeiros quatro meses do ano foi o maior da história, de US$ 21,387 bilhões. Tanto no mercado financeiro quanto no governo federal, a expectativa é que as transações comerciais com exterior superem US$ 50 bilhões em 2017.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MDIC

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative CommonsCC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2017/05/balanca-comercial-bate-recorde-e-soma-us-6-9-bilhoes-em-abril

Utilidade Pública

NOTÍCIAS FALSAS NO FACEBOOK

28 mar , 2017  

NOTÍCIAS FALSAS FACEBOOK

Em épocas de eleições elas circulam por toda a cidade. São as notícias falsas. Tem o objetivo de prejudicar um candidato. Facebook
No ano passado foi nas eleições para Presidente dos EUA. Foram milhões de dados falsos, criados para prejudicar um dos candidatos.
No Brasil, nas eleições municipais, existem toneladas de notícias falsas contra candidatos que se assinadas por qualquer um deles o efeito é o mesmo: derrubar o inimigo

.

Acontece que ninguém leva o candidato até a justiça. Todos sabem que a “Justiça é lerda e cega”, não solucionará antes da posse do candidato eleito. Outros já concorrem, mesmo com a ficha suja, sabem que no fim, se eleitos, não vão ser processados.

No Facebook o assunto NOTÍCIAS FALSAS tomou proporções em nível de Brasil (ou do mundo). Uma notícia não verdadeira pode prejudicar para sempre uma pessoa, um cantor, um ator ou um empresário.

Um caso recente com cantor e compositor, em que o texto dizia que o dito cujo apoiava um determinado assunto, o que não era verdade. Foi parar na justiça e houve até um pedido de reparação de danos. As pessoas que preparam o texto e as que compartilharam foram citadas.

A notícia falsa – o chamado “hoax” (palavra em inglês que significa fraude ou boato) – não é novidade na internet, mas parece ter ganho uma visibilidade e frequência maiores no Facebook.

Você que sai clicando por aí sem pensar, compartilhando, pode estar sujeito a processo judicial. O próprio Facebook pretende regulamentar o assunto:

“Propostas

O CEO disse ainda que a empresa desenvolve sete propostas para combater a desinformação de maneira mais eficiente:

1. Desenvolver sistemas técnicos mais eficientes, para detectar o que as pessoas irão denunciar como falso antes que elas façam isso;

2. Tornar mais fácil o processo de denúncia reportagens falsas;

3. Fazer parcerias com organizações de checagem de fatos;

4. Rotular os links que foram denunciados como notícia falsa e mostrar avisos quando as pessoas lerem ou compartilharem estes links;

5. Aumentar a exigência de qualidade para os links que aparecem como “relacionados” na linha do tempo;

6. Dificultar o lucro dos sites de notícias falsas com anúncios;

7. Trabalhar com jornalistas para aprender métodos de checagem de fatos.  (Jornal Globo – G1)”

Quem quiser se prevenir tem o site www.e-farsas.com.br que desde de 2002 verifica se a notícia ou o texto são falsos.

Tem outras maneiras de verificar se uma notícia tem procedência: basta pegar o texto e jogar no Google e verificar se foi publicada por grandes jornais.

O pior que tem sites só de notícias bombásticas, falsas e chamativas, só para receber mais visitas e faturar dólares, com anúncios.

No Facebook ainda tem pessoas que pegam notícias de cinco anos atrás e publicam como se fossem hoje. Tem um caso de uma menina de seis anos e hoje ela já está com mais de dez anos. E continuam publicando…

Às vezes a pessoa já foi encontrada e aqui vai render assunto por muito tempo.

Tem muita coisa para verificar, mas com jeito você chega lá.

Manoel Amaral

http://osvandir.blogspot.com.br

 

,

Economia,ECONOMIA E EMPREGO,Política,Política Geral,Utilidade Pública

Presidente vê fortalecimento do “círculo virtuoso da economia” do Brasil

28 mar , 2017  

por Portal PlanaltoPublicado: 27/03/2017 17h28Última modificação: 27/03/2017 17h45
Foto: Beto Barata/PRTemer destacou dados presentes no último boletim do Banco Central

Temer destacou dados presentes no último boletim do Banco Central

Os recentes índices divulgados pelo Banco Central mostram que o círculo virtuoso da economia do País está se fortalecendo. Para o presidente da República, a confiança do brasileiro vai aumentar nos próximos meses.

Em mensagens publicadas no seu perfil no Twitter, nesta segunda-feira (27), Temer disse que o Brasil está no “rumo certo”. Um dos dados para esta conclusão apresentado pelo presidente está na última pesquisa Focus, do Banco Central, que reúne as expectativas de mais de 100 analistas.

A pesquisa, divulgada pelo BC hoje, mostra uma melhora para o cenário de inflação. Pela previsão dos analistas, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2017 recuou, passando de 4,15% para 4,12%, abaixo do centro da meta para este ano, que é de 4,5%.

Nas mensagens, o presidente afirmou ainda que a crise cedeu por conta das medidas do governo e lembrou que a confiança do consumidor na economia atingiu o maior nível desde 2014.

A crise cedeu por conta das medidas do nosso governo: a confiança do consumidor na economia atingiu o maior índice desde 2014.

Estamos no rumo certo. Pesquisa do @BancoCentralBR mostra que a previsão da inflação baixou de 4,15% para 4,12%.

Tenho convicção de que a confiança do brasileiro vai aumentar. O círculo virtuoso da nossa economia está se fortalecendo.

Fonte: Portal Planalto

Brasil,Cidades,Economia,ECONOMIA E EMPREGO,Política,Política Geral

Câmara pode votar hoje a MP do Cartão Reforma

28 mar , 2017  

Deputados também podem votar ajuda a estados endividados, aumento da pena para crimes de pirataria e permissão para universidades públicas cobrarem por pós-graduações lato sensu. Líderes partidários reúnem-se às 11 horas para discutir a pauta de votações

A medida provisória que cria o programa Cartão Reforma (MP 751/16) é o destaque do Plenário nesta terça-feira (28). O cartão poderá ser usado por famílias de baixa renda para comprar materiais de construção destinados à reforma, à ampliação, à promoção da acessibilidade ou à conclusão de imóveis.

De acordo com o projeto de lei de conversão da senadora Ana Amélia (PP-RS), aprovado na comissão mista que analisou a matéria, terão direito ao cartão famílias com renda mensal de até R$ 2,8 mil, incluídos os rendimentos recebidos de iniciativas de transferência de renda, como o Bolsa Família, mas excluídos aqueles concedidos no âmbito de programas habitacionais.

Terão prioridade de atendimento: as famílias com idosos, as com pessoas com deficiência, as cujo responsável pela subsistência for a mulher e as com menor renda. Ao receber o cartão, a família terá até 12 meses para usar o auxílio.

Do total de recursos do programa Cartão Reforma, 10% deverão ser destinados a residências localizadas em área rural.

Dívidas estaduais
Os deputados poderão analisar ainda o Projeto de Lei Complementar (PLP) 343/17, do Executivo, que cria o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal, a fim de ajudar os entes endividados em troca de contrapartidas como elevação de alíquotas de contribuição social de servidores, redução de incentivos tributários e privatizações.

Conforme a proposta, o regime poderá durar até três anos, com prorrogação por igual período. Durante esse prazo inicial estipulado em lei, o estado não pagará as prestações da dívida devidas à União. Os valores não pagos serão corrigidos pelos encargos financeiros previstos originariamente nos contratos para acrescentá-los aos saldos devedores atualizados.

Além de medidas de redução de gastos, que cada ente federado participante deverá instituir por meio de leis próprias, a moratória provisória será garantida pela vinculação de recursos dos repasses aos estados previstos constitucionalmente (IRRF descontado de seus servidores, Fundo de Participação dos Estados, parte do IPI), e de tributos de sua competência (IPVA, ICMS, transmissão causa mortis).

Pirataria
Também consta na pauta o Projeto de Lei 333/99, que aumenta as penas para crimes relacionados à pirataria. Os deputados precisam examinar analisar substitutivo do Senado à matéria. A redação da Câmara é de 2000; a do Senado, de 2003.

De forma geral, a medida propõe a transformação de penas de detenção em reclusão. No texto da Câmara, a penalidade varia de 1 a 4 anos e multa, enquanto o Senado propõe 2 a 4 anos e multa e inclui novos crimes cujas penas serão aumentadas. Todas as mudanças são na Lei 9.279/96, sobre direitos e obrigações relativos à propriedade industrial.

No artigo a respeito do destino a ser dado aos produtos apreendidos, tanto o texto dos deputados quanto o dos senadores acrescentam dispositivo prevendo a apreensão dos equipamentos e outros materiais destinados à produção.

Pós-graduação paga
Entre as propostas de emenda à Constituição que podem ser votadas, está pautada, para sessão extraordinária exclusiva, às 19 horas desta terça-feira, a PEC 395/14, do deputado Alex Canziani (PTB-PR), que permite às universidades públicas cobrarem pela pós-graduação lato sensu, exceto mestrado profissional. A matéria precisa ser votada em segundo turno e sua discussão já foi encerrada em março do ano passado.

Segundo o autor, a intenção da proposta é reforçar o caixa das universidades, permitindo a elas oferecer cursos direcionados às empresas.

Atualmente, algumas instituições que cobram por esses cursos têm sido contestadas na Justiça devido à previsão de acesso gratuito na Constituição para todos.

Os partidos contrários à PEC, entretanto, argumentam que ela pode iniciar um processo de privatização do ensino público superior.

Saiba mais sobre a tramitação de PECs

Confira a pauta completa do Plenário nesta terça

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Natalia Doederlein

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias

 http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/POLITICA/527000-CAMARA-PODE-VOTAR-HOJE-A-MP-DO-CARTAO-REFORMA.html

, ,

Meio Ambiente

Região de recifes no rio Amazonas é maior bioma marinho do mundo

28 mar , 2017  

O resultado das últimas pesquisas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) descobriram que bioma recifal marinho amazônico, na foz do rio Amazonas, é o maior bioma marinho do mundo. Os pesquisadores constataram que a região tem pelo menos 50 mil quilômetros quadrados.

A equipe de pesquisadores atua em um programa que tem o objetivo científico de investigar a história e a estrutura da Terra, a partir de pesquisas oceanográficas. O programa reúne parte significativa da comunidade científica atuante nas ciências do mar em águas profundas de diversos países.

A expedição deste ano foi realizada em parceria com o Greenpeace, que tem denunciado a ameaça de exploração de petróleo na região do bioma, o que colocaria em risco um ambiente que só agora começa a ser estudado.

“A parceria com o Greenpeace foi fundamental para as descobertas científicas e para o desenvolvimento do conhecimento na região”, contou Fabiano Thompson, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “Além de possuir meios flutuantes e equipe de bordo altamente competente, o Greenpeace traz à tona a problemática da produção de energia limpa e renovável no contexto global”, acrescentou o pesquisador.

Para Thompson, o estudo tem relevância para a realidade brasileira, ao mesmo tempo que nos coloca frente a um paradoxo. “A margem equatorial brasileira [e da Amazônia] é a região mais cobiçada por grandes nações desenvolvidas e, ao mesmo tempo, a região menos conhecida da nossa nação. Nosso entendimento das riquezas e potenciais da margem equatorial é muito reduzido, nos colocando em uma posição desfavorável frente aos desafios globais.” Segundo o pesquisador, menos de 1% da margem equatorial brasileira foi estudada até agora.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative CommonsCC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

http://www.brasil.gov.br/meio-ambiente/2017/03/regiao-de-recifes-no-rio-amazonas-e-maior-bioma-marinho-do-mundo

Brasil,Política,Política Geral,Trump

Polícia Federal abre mais uma fase da Lava Jato

28 mar , 2017  

PUBLICADO EM 28/03/17 – 07h42

A Polícia Federal (PF) abriu nesta terça-feira (28), uma nova etapa da operação Lava Jato, a 39ª fase. Os mandados foram expedidos por ordem do juiz federal Sérgio Moro.

A última fase da Lava Jato foi deflagrada em 23 de fevereiro deste ano. A operação Blackout, 38ª fase, prendeu os lobistas Jorge Luz e Bruno Luz, pai e filho respectivamente, apontados como operadores do PMDB. Na ocasião, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva no Rio de Janeiro.

 

http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/pol%C3%ADcia-federal-abre-mais-uma-fase-da-lava-jato-1.1453150

 

, ,

Receba 3 projetos de leis Municipais grátis!!!