Home / Artigos / A VITÓRIA

A VITÓRIA

A VITÓRIA

 

Quando bateu 17 horas no relógio da matriz, no centro, um silêncio mortal caiu sobre a cidade.

 

As festas foram adiadas para mais tardes e muitas ficariam para daqui a quatro anos.

 

O primeiro boletim saiu, ninguém acreditou, ele estava na frente. Muitos pularam freneticamente de alegria. Gritaram, rasgaram as camisas, levantaram ameaçadoramente as bandeiras.

 

Os votos foram aos poucos sendo vomitados nas tirinhas do equipamento eletrônico. A tristeza começou a aparecer nos rostos de alguns.

 

Os candidatos a vereadores anotando os votos. Os cabos eleitorais carregando a raiva, a alegria ou a tristeza.

 

Todos os candidatos com um só pensamento: vencer a eleição!

As pesquisas ficaram totalmente desacreditadas pelo candidato que pretendia vencer, a qualquer custo, as eleições.

 

O candidato que figurava em segundo lugar foi parar no terceiro. O que estava em terceiro foi para o primeiro lugar. E quem pretendia vencer as eleições caiu para o segundo lugar.

 

Uma coisa aprendemos com essas eleições: pesquisa verdadeira não adianta nada. Representa apenas um instante. As falsas pesquisas fazem apenas muito mal a população. Quem falou que votaria, não votou. A prisão acabou! A porteira  do curral eleitoral foi aberta. O eleitor votou livremente.

 

Hoje estamos com a alma lavada, novas cores já brilham em nossa cidade. Podemos comemorar com alegria a vitória de nosso candidato!

 

Manoel Amaral

Blog: http://www.guihost.com.br/blog/mane/

 

Nota: Este texto pode ser reproduzido desde que seja cidatada a fonte.

 

About A Casa

Notícias Relacionadas

JBS COMPRA TERRAS NA AUSTRÁLIA

20 grupos estrangeiros têm 3 milhões de ha de terras no Brasil IN DE OLHO …

Deixe uma resposta